Uma hora. Esse foi o período que a Guarda Municipal de Florianópolis demorou para descobrir o sobrenome, rastrear um familiar e promover o reencontro de uma idosa com seu sobrinho, na região Central da Capital.

O caso aconteceu na sexta-feira (8), quando a idosa, que sofre de Alzheimer, foi encontrada sentada na escadaria de um prédio sem se lembrar do nome ou de onde morava. O momento do reencontro foi emocionante e ainda mais comovente porque não era uma sexta-feira comum para ela e para a família, era o dia em que a idosa comemorava 74 anos de vida.

Há 17 anos o subcomandante Ricardo Pastrana trabalha na Guarda Municipal, chefiada pelo comandante Valcir Brasil. Segundo Pastrana, apesar de ser comum situações de pessoas se perdendo na região central, essa foi a primeira vez que a ajuda teve esse sabor especial. “Vou te dizer que não é incomum. Muitas pessoas chegam na região central e acabam ficando confusas, desorientadas e se perdem, mas assim, de aniversário, nunca aconteceu”, conta.

Ele explica que ao chegar ao local e ver a idosa desorientada e nervosa, a técnica é, antes de tudo, acalmá-la. “Primeiro tentamos acalmar, deixar ela mais tranquilo, confortável, até que ela fique mais à vontade e não pense só no problema de estar perdida e se concentre em quem é, onde mora, informações que possam nos ajudar”, fala.

E foi assim, com conversa vai, conversa vem, que ela lembrou do sobrenome e começou a “caça” aos familiares. Com o sobrenome, a equipe utilizou o sistema de consulta e chegou ao nome de um médico. O contato foi repassado por um conhecido médico e professor que trabalha na Secretaria da Saúde e pronto, o sobrinho rapidamente foi até o local para encontrar a tia.

“Foi bem legal, conseguir devolver ela para a família, estabelecer esse encontro e para nossa surpresa ela ainda estava de aniversário. Foi bem emocionante e, mais tranquila, ela começou a lembrar e ficou bem emocionada”, finaliza.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: NDMais