Tubarão

O engenheiro civil Renato Genovez, de Tubarão, um dos fundadores do Conselho Regional de Engrenharia e Agronomia de Santa Catarina (Crea), que já presidiu a entidade, e um dos primeiros engenheiros formados do Sul de Santa Catarina, faleceu às 22h09min da noite desta terça-feira (4) no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), aos 93 anos, por septicemia (infecção generalizada).

Renato era padrinho afetivo de várias instituições filantrópicas da Cidade Azul e região, como a Fundação Joana de Angelis. Também recebeu várias homenagens ao longo da sua carreira de sucesso na Câmara de Vereadores de Tubarão, na Assembleia Legislativa e no Crea. Foi um dos rotarianos mais atuantes do Estado e sempre estava presente em eventos e ações sociais. Nos últimos dias, o seu estado de saúde havia piorado consideravelmente.

Em setembro de 2013, Renato foi homenageado pelo Sistema Confea/Crea e Mútua com a Medalha do Mérito Nacional, em Gramado, um dos maiores prêmios da América Latina para os profissionais da área da engenharia e agronomia, criado em 1954.

O velório ocorre neste momento na Funerária Santa Rita, no centro da Cidade Azul, e o sepultamento está marcado para as 16 horas, no Cemitério Horto da Saudade, no bairro Monte Castelo, também em Tubarão.

Publicado às 10h47min desta quarta-feira (5)