Içara

A inclusão social é uma vertente importante que objetiva a integração com categorias menos favorecidas da população no processo de socialização. O Governo de Içara, junto a Fundação Municipal de Esportes (FME), incentiva o projeto “Pernas Solidarias” com o empréstimo de cinco triciclos de velocidade adaptados para prática de corridas, incentivando as pessoas com necessidades especiais a atividade esportiva. Integrantes do grupo fundador do projeto e representantes do Governo de Içara, estiveram apresentando os equipamentos e o projeto na manhã desta quarta-feira, dia 11, aos alunos da Apae de Içara.

Conforme o presidente da FME, Everaldo Pereira, o projeto é fundamental para levar atividades físicas e esportivas às pessoas com limitações de locomoção. “É uma questão de coordenação, motricidade e fundamentalmente a autoestima agregada ao aluno, aos professores e incentivadores e aos pais”, destacou. A Apae deve selecionar oito alunos para participação do treino solidário que acontece no dia 22 deste mês, na Praça da Juventude. “O projeto pretende levar pessoas com algum tipo de necessidade especial a participar de uma corrida com os equipamentos adaptados”, explicou o coordenador e fundador do projeto Pernas Solidárias, Júlio Pedro da Silva Neto.

“A solidariedade das pessoas é fundamental para ações como esta, mostrando a sociedade que mesmo limitados, eles têm capacidades tem o direito de estarem inclusos e nós temo muito agradecer pelo olhar daqueles que contribuíram com nossos alunos”, frisou a diretora da Apae de Içara, Silvana Goulart Brunel. O evento de apresentação dos triciclos contou com a presença do prefeito de Içara, Murialdo Canto Gastaldon, o secretário de Fazenda, Eduardo Rocha e o presidente da FME, Everaldo Pereira. O custo de cada triciclo foi de mais de R$1,5 mil. As inscrições para participação no treino solidário dia 22 estão encerradas.