Liliane Dias
Braço do Norte

Este deverá ser um ano de muitas conquistas e realizações para o Hospital Santa Teresinha (HST), de Braço do Norte. Somente em verba extra, a previsão da diretora-administrativa da instituição, Maria Celir Tenfen é que chegue um montante na ordem de R$ 575 mil. Os recursos são frutos de emendas parlamentares e do programa ‘Amigos do Hospital’. Paralelamente, o HST também recebe dinheiro do Ministério da Saúde, através do Fundo de Saúde.

Hoje, garante Tenfen, a situação financeira do hospital é estável. Tanto que o recurso extra poderá ser investido na aquisição de mais equipamentos. Um exemplo é a compra de um vídeo laparoscópio (que permite a visualização da cavidade pélvica e abdominal através de uma lente ótica acoplada a uma câmera) no valor de R$ 100 mil. A verba virá de uma emenda parlamentar da senadora Ideli Salvatti (PT). O deputado Edinho Bez (PMDB) também disponibilizou uma emenda para o HST, no valor de R$ 60 mil, para aquisição de material de consumo e manutenção.

Já através da secretaria de saúde do estado, virão R$ 115 mil para investimento no centro cirúrgico, sala de recuperação, pós-anestésica e emergência.
Ainda, através da secretaria de desenvolvimento em Braço do Norte, são esperados R$ 300 mil para o projeto arquitetônico do novo prédio do hospital.

Após a liberação do recurso para o projeto arquitetônico, a previsão é que em oito meses o projeto esteja pronto e aprovado pela vigilância sanitária. Com essa primeira etapa concluída, a seguinte é iniciar as obras. O terreno para isso foi doado há quase dois anos.

“A intenção é de que no ano que vem as obras iniciem. Temos certeza de que será possível se mais uma vez tivermos o apoio das lideranças políticas da região”, acrescenta Tenfen.

Doações
Além de recursos financeiros, o HST conta com diversos tipos de doação de toda a comunidade. Desde roupas de cama até alimentos. “O que economizamos na cozinhas investimentos em modernidade. Qualquer centavo já conta”, valoriza Tenfen.

Dentro deste mote está o programa ‘Amigos do Hospital’, elaborado para pessoas físicas. Hoje, 1,5 mil famílias estão cadastradas e fazem a doação de R$ 10,00 por mês. Os recursos deste fundo são revertidos em equipamentos e manutenção do hospital.