Há 19 anos, Jucemar realiza trabalhos artesanais
Há 19 anos, Jucemar realiza trabalhos artesanais

Karen Novochadlo
Capivari de Baixo

Alguns podem ver apenas como meras embalagens de iogurte, tampinhas de amaciante e de garrafa pet. O auxiliar de almoxarifado e artesão Jucemar Nascimento Felis, 44 anos, de Capivari de Baixo, vê como instrumento de trabalho. Há 19 anos, ele transforma o lixo em brinquedos, porta-velas, em arte.
 
“Uma vez, eu vi na TV crianças que não tinham com o que brincar ou brinquedos. Quando eu vi o lixo, vi no que poderia transformar”, revela. Hoje, ele cria lindos palhacinhos para aniversários, presentes.
 
O trabalho é artesanal, ele mesmo limpa as embalagens, fura as tampinhas, pinta os bonecos. Também tem a ajuda dos quatro filhos, quando eles não estão na escola ou estudando. Tudo na forma de brincadeira.  
 
A comercialização dos palhaços começou por acaso, há cerca de um ano. Uma vizinha se interessou por um dos bonecos. Um freguês chamou o outro. E, devagarinho, tudo foi se ajeitando. O trabalho de Jucemar já foi vendido para outras cidades do estado, como Blumenau, Criciúma e Urussanga.
 
O material é conseguido através de doações. Uma das empresas que colabora com seu trabalho é a Louber, por meio da separação de material reciclável.
 
Serviço
Você pode comprar os palhacinhos ou doar material por meio do telefone (48) 9935-0233.