Nesta quarta-feira (10) à tarde, um homem invadiu a sede da Rede Globo no Rio de Janeiro e fez uma repórter refém. Armado com uma faca, o homem dizia que queria conversar com a apresentadora do Jornal Nacional, Renata Vasconcellos.

Ele exigia entrar ao vivo e uma câmera chegou a ser levada ao local para ganhar tempo. O diretor geral de Jornalismo da Rede Globo, Ali Kamel, participou da negociação.

Imagens do circuito interno da Globo mostram o homem com a repórter Marina Araújo à sua frente e uma faca encostada no abdômen dela. A jornalista Renata Vasconcellos apareceu no local do crime, e o homem largou a faca e levantou a camisa para mostrar que não tinha outras armas.

Ninguém ficou fisicamente ferido. Ele foi preso.