A obrigatoriedade do isolamento social pela Covid-19 deslocou, por necessidade, boa parte dos trabalhadores para dentro de casa, apesar do Brasil não cultivar o hábito do trabalho home office. Mas o fato é que, nem os trabalhadores e nem as empresas tem esta cultura e, neste último caso, prevalece a crença de que não há produtividade.

Porém especialistas apontam que, com menos estresse e menos pressão de algumas chefias, os resultados tem sido significativos. Como em praticamente todas as cidades brasileiras, em Tubarão, muitas empresas também precisaram optar pelo home office e deslocaram seus colaboradores a produzirem em casa.

“Para muitos, esse é o primeiro contato com esse formato de trabalho e, justamente por isso, surgem muitas dúvidas quanto ao que fazer e como fazer”, diz a psicóloga clínica Caroline Labhardt, do Centro Médico Unimed.

 

Regras

Para uma boa execução das tarefas home office, é necessário gerar uma rotina de trabalho a começar, segundo Caroline, por estabelecer horários. Segundo ela, é importante tentar manter uma rotina semelhante a presencial na empresa, mantendo concentração e foco.

Outra coisa indicada pela psicóloga é evitar ficar de pijama. Ela explica que, passar o dia de pijama faz com que o cérebro entenda que “você está descansando, o que dificulta no processo de concentração”.

Como se deve estabelecer um horário de trabalho, há também a necessidade de fixar horário para o almoço, para o cafezinho e lanches. Estas pausas são necessárias. A psicóloga indica que também se tenha um local específico para se trabalhar. Jamais, se deve trabalhar na cama, porque a mente e corpo entram em processo de descanso, tirando o foco e gerando até um cochilo.

A dica mais valiosa nisto tudo, segundo Caroline, é saber a hora de parar. Assim como se tem horário de entrada e saída do trabalho, em casa não pode ser diferente. “Saiba se dar limites e lembre-se que amanhã é outro dia e você terá de dar continuidade ao trabalho”, pontua.

Ela explica que o objetivo é que cada um encontre a melhor forma de fazer um home office sem o excesso de autocobrança ou autossabotagem. “Lembre-se que um home office irresponsável pode fazer com que seu lar passe a ser um local de obrigação e não um local para onde deseja voltar ou estar. Um dia de cada vez”, conclui.