Pracegover Foto: na imagem há um edifício com muitas janelas, porta e escada
Pracegover Foto: na imagem há um edifício com muitas janelas, porta e escada

O Hospital Nossa Senhora da Conceição divulgou nesta quarta-feira (26) à tarde um comunicado, onde volta a fazer um apelo a comunidade, para que venha até a Emergência somente em casos mais graves. Além da superlotação no atendimento que ocasiona reflexos nos processos de triagem e consultas, a casa de saúde enfrenta problemas com disponibilidade de leitos para internação e o afastamento de profissionais da saúde por suspeita e/ou confirmação da Covid-19 e influenza.

Nesta quarta-feira são 123 colaboradores, destes 64 da área assistencial (que trabalham diretamente com pacientes). A média de atendimento no setor por doenças respiratórias continua alta, e com a redução de profissionais, isso tem impactado ainda mais no tempo de espera.

Conforme o comunicado, a ‘hora certa’ para procurar um atendimento na emergência está ligada a sintomas como dores intensas – principalmente em casos em que um simples analgésico não é o suficiente – febre alta, reações alérgicas, dificuldades em respirar, traumas e lesões. Se você apresenta quadros mais leves deve procurar as Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou a Policlínica Central para o primeiro atendimento. Isso vai permitir que o setor de Emergência do HNSC possa dar mais atenção aos pacientes graves.

O comunicado pede que você possa ajudar o HNSC a manter o atendimento de qualidade e compromisso com a vida de cada cidadão. “E lembre-se: mantenha a higienização de mãos, uso de máscaras de proteção e distanciamento social. Faça sua parte!”.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: HNSC