Foto: Beatriz Juncklaus/Notisul
Foto: Beatriz Juncklaus/Notisul

Beatriz Juncklaus
TUBARÃO

O dia 8 de dezembro de 2017 vai ficar marcado na história do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) e também de todos os tubaronenses. Nesta sexta-feira, a instituição comemorou 113 anos de fundação. Uma trajetória que começou há muito tempo com o padre Bernardo Freuser, em 1904.

Antigamente, os tubaronenses precisavam ir até Laguna para receber tratamento médico.
Percebendo esta necessidade, o padre tomou para si a responsabilidade de construir uma casa de saúde, e assim iniciou a história do HNSC.

Para abrir as celebrações, o bispo Dom João Salm realizou uma benção em frente ao hospital. Junto com ele, o coral da instituição entoou cantos de glória e agradecimento. Em seguida, a imagem de Nossa Senhora Imaculada contornou a instituição, acompanhada de centenas de pessoas que realizaram um abraço coletivo ao redor do hospital – 113 balões coloridos foram soltos em homenagem ao aniversário.

O diretor executivo regional da Congregação Santa Catarina, que administra o hospital, garante que a festa foi feita pensando em toda a comunidade. “Não é qualquer instituição que consegue chegar aos 113 anos. Quisemos que esta data fosse um marco para a cidade”.

A festa
Bolo de 113 metros foi distribuído à população

O momento mais aguardado da comemoração era o corte do bolo de 113 metros. Centenas de pessoas esperavam ansiosas pela partilha. Diversas autoridades estiveram presentes e, juntas, cortaram os primeiros pedaços. Para a diretora executiva do HNSC, Patrícia de Toledo, o bolo representava a partilha e a união de toda a comunidade. “Este momento é nosso, o hospital é nosso, é de toda a população”, reflete. O dia também foi de agradecer a Nossa Senhora Imaculada pelas graças concedidas. Célia Livramento, de 58 anos, aproveitou e passou pelo centro de Tubarão para pegar um pedaço de bolo. Porém, mais do que festejar, o momento foi de agradecer. “Passei por vários momentos no hospital. Fiz cirurgias, ganhei meu bebê lá. Obrigada é tudo o que eu tenho a dizer. Os médicos são maravilhosos! E tenho certeza que a santa esteve sempre comigo, e com eles, nos momentos de dificuldade”, relata.

Solidariedade
A união faz a força

Centenas de colaboradores do HNSC trabalharam na distribuição dos bolos e na organização da festa. E foi essa contribuição que ganhou destaque no discurso do prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli. Segundo ele, o corpo clínico, funcionários e voluntários são o maior patrimônio da instituição. “São mais de 1,3 mil funcionários dedicados ao nosso hospital e mais de 300 voluntários que não deixam esse sonho acabar. O hospital precisa cada vez mais do nosso apoio”, enfatiza.