Cíntia Abreu
Tubarão

A saúde é o bem maior de qualquer ser humano e, quando fragilizada, muitos esquecem de outros fatores que auxiliam a sua manutenção. Um deles é a doação de sangue. As campanhas são constantes, pois é sempre necessário abastecer os hospitais e garantir bom estoque para emergências. Porém, desde que o número de casos suspeitos da nova gripe aumentou na região, a coleta de sangue no Hemocentro Regional de Criciúma e na unidade coletora de Tubarão está muito baixa. “No inverno as doações caem, mas em função da gripe A, o número é cada vez menor”, lamenta a responsável pela captação de doadores do Hemosc de Criciúma, Ana Rúbria Zanette.

Nesta segunda-feira, por exemplo, em Tubarão, somente duas bolsas de sangue foram coletas. “As pessoas estão assustadas e pensam que ao realizar a doação, a imunidade baixará. Ou ainda que há aglomeração de pessoas no local. Mas isto não ocorre”, garante a médica responsável pela unidade de Tubarão, Laurene de Abreu Viana.

Ana Rúbria conta que o número de doadores diminuiu 50% em todo o estado. A regional do Hemosc e a unidade de Tubarão atendem cerca de 27 hospitais e recolhem de 60 a 70 bolsas de sangue diariamente, em épocas normais. “Atualmente, não passa de 30 a 35 doações por dia. Um índice muito abaixo do que o estado precisa”, diz Ana Rúbria, em tom preocupado.

Comerciantes recebem
orientação em Braço do Norte

Braço do Norte

Os fiscais da vigilância sanitária de Braço do Norte iniciaram esta semana um trabalho de orientação aos donos de estabelecimentos comerciais e agências bancárias. O intuito é prevenir a gripe A.
Entre as recomendações dos fiscais está o uso álcool gel ou líquido para higienizar os ambientes. Além disso, para quem manipula alimentos ou dinheiro, agentes sugerem o uso de luvas.

Aos bancos, é repassada a orientação para distribuir luvas aos funcionários e não permitir a entrada de mais de dez pessoas por vez nas agências. Panfletos informativos que ajudam as pessoas a diferenciarem a gripe comum a nova Influenza também são distribuídos pela cidade.