A previsão é que ao longo desta semana o Governo de Santa Catarina reavalie algumas medidas sanitárias para tentar pelo menos estagnar o surgimento de novos casos ativos de Covid-19.

A estimativa é que das 295 cidades catarinenses, 290 estejam com grandes números de doentes. A região com a maior quantidade de casos ativos neste domingo (23), proporcionalmente à população, é a Grande Florianópolis: são 1.459 pessoas doentes para cada 100 mil habitantes.

Em seguida estão Oeste (1.405) e Serra (1.278). As que menos têm casos ativos as regiões do Alto Uruguai Catarinense (394), Foz do Rio Itajaí (540) e Alto Vale do Itajaí (555).

Na Amurel, há 3.793 casos ativos, uma proporção de 1.012 doentes a cada 100 mil habitantes). Na região de criciúma são 3.432 casos, ou seja, média de 768 pessoas com Covid-19 para a mesma proporção de habitantes.

No Extremo Sul catarinense, região de Araranguá, a situação não é diferente: um total de 1.638 casos ativos, com uma proporção de 794 pessoas contaminadas a cada 100 mil habitantes.

Dos 1.080 leitos de UTI Adulto existentes pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina, há 806 ocupados. Deste total, 217 são por pacientes com confirmação ou suspeita de Covid-19. A taxa de ocupação de leitos de UTI está em 74,6% neste domingo (23).

 

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul