Laguna é uma cidade privilegiada por ter duas bandas civis com mais de cem de tradição musical e esse patrimônio deve ser valorizado e ajudado. Nesta quinta-feira, 2, as Guardiãs de Anita foram até às sociedades musicais União dos Artistas e Carlos Gomes para fazer doação de equipamentos de apoio às bandas.

As duas sociedades receberam oito tripés, cada, para suporte de partituras. “As duas bandas também precisam de auxílio e a gente pensou em doar algo. Estamos em uma época de pandemia em que devermos dar as mãos e nos unirmos”, justifica a diretora das Guardiãs, Ivete Scopel.

Os equipamentos vão ser utilizados em apresentações musicais das bandas. Os tripés foram adquiridos com recursos do próprio departamento, que faz parte do Instituto Cultural Anita Garibaldi (CulturAnita).

Na União dos Artistas, as guardiãs foram presenteadas com a execução de um dobrado militar com mescla de composições brasileiras e do hino de Laguna. Já na Carlos Gomes, elas conheceram a sede reformada da banda e ouviram um pouco das histórias da centenária instituição.

Ambas as bandas se colocaram à disposição do CulturAnita e das Guardiãs para eventos culturais futuros. “Essa doação é um presente. Estávamos precisando desse material e é um início para nós que ainda estamos arrecadando o mobiliário da sede”, reconhece o maestro Deroci de Oliveira, da Carlos Gomes, que já fez composições em homenagem à Anita Garibaldi.

“No momento em que a banda está precisando de várias coisas, elas nos presenteiam com essas estantes. Hoje, elas contribuem com a banda e mais tarde, nós poderemos contribuir com elas”, pontuou o presidente de honra Maurício Espíndola, da União.

Para o CulturAnita, esse gesto das centenárias sociedades musicais é nobre. “No bicentenário de Anita vamos precisar da união de todos, inclusive das duas bandas, e temos que valorizar essas pessoas abnegadas que trabalham pela cultura da cidade. De mãos dadas faremos um belíssimo trabalho em 2021”, conclui Ivete.