Maycon Vianna
Tubarão

Os futuros guardas municipais de Tubarão realizam, até sexta-feira, um estudo de tráfego nos principais cruzamentos da cidade. Os 28 alunos do curso de formação da Guarda Municipal de Tubarão estão espalhados por diversos pontos de cruzamentos e semáforos do trânsito, com intuito de fazer anotações sobre os veículos e o horário de maior fluxo de transporte.

O objetivo é identificar os problemas do trânsito. “Serão analisados os fluxos de veículos em dois horários de pico na cidade, das 11 às 15 horas e das 17 às 19 horas. Depois de colher os dados, é feito um modelo matemático para apontar os principais pontos de estrangulamento do trânsito”, enfatiza o gerente de projetos da Faepesul, Alexandre Martins.

Entre os locais em que foram registrados maior movimento de carros, motos, ônibus e caminhões, destacam-se a ponte Nereu Ramos e as ruas Lauro Müller, Tubalcain Faraco e Coronel Collaço, no centro. “A nossa intenção é registrar o que ocorre no trânsito, a passagem dos veículos no local e também os horários de maior tráfego em determinados locais de Tubarão”, enfatiza o diretor da Guarda Municipal, Adailton Livramento.

O controle de tráfego faz parte do treinamento promovido pela Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Extensão da Unisul (Faepesul), na disciplina de gerenciamento de trânsito do curso de formação dos novos guardas municipais de Tubarão. O curso tem um total de mil horas/aula e mais 120 horas de estágio no decorrer de quatro meses.