O folguedo do Boi está presente em diferentes regiões brasileiras. Entretanto, a brincadeira do Boi de Mamão, típica do litoral catarinense, é uma manifestação popular que compõe a identidade cultural como parte do patrimônio imaterial do estado de Santa Catarina. Tradicionalmente brincada em praças e espaços públicos, grupos folclóricos regionais lutam para manter viva essa manifestação. Ao mesmo tempo, é fundamental possibilitar o contato de diferentes públicos com a cultura do boi, a fim de democratizar o acesso e preservar sua tradição.

O Grupo Encantados Contadores de Histórias desde 2012 apresenta o espetáculo Boi Encantado, uma releitura teatral do folguedo do Boi de Mamão, a partir da orientação do mestre da cultura popular tubaronense José Marcondes, o Zé do Boi. A partir da grande aceitação do público, o grupo percebeu a falta de projetos culturais que possibilitassem o acesso mais amplo a diferentes públicos. Assim, surgiu o projeto do CD “Boi Encantado: uma história cantada” – com áudio descrição, que pretende levar o espetáculo Boi Encantado para o público com deficiência visual. 

O CD será lançado neste sábado, às 16h, na Praia de Itapirubá, em Imbituba, com entrada gratuita. Esse projeto foi desenvolvido com o objetivo de levar a cultura popular e o folguedo do Boi de Mamão de modo acessível, alcançando maior número de pessoas. Também será lançado o vídeo de making of das gravações nas redes sociais. 

O espetáculo “Boi Encantado” foi gravado em CD com áudio descrição para proporcionar ao público não visual, com deficiência, idosos, crianças em fase de alfabetização ou ainda os que não conhecem o contato com a identidade cultural regional. Participaram das gravações músicos profissionais e o mestre da cultura popular, José Marcondes “Seu Zé do Boi”, do grupo folclórico Beco do Beijo.