Com foco na conscientização da população sobre o câncer de mama e a importância da prevenção, o movimento Mulheres Republicanas de Santa Catarina segue a linha de centenas de grupos femininos em todo o Brasil para reforçar a campanha Outubro Rosa.

Uma tarde de palestra e muita informação sobre o tema foi garantida, em Florianópolis, com a apresentação da advogada Ingrid Chineppe Hofstatter. Os direitos do paciente com câncer, como é feito o tratamento, os mitos e tabus foram alguns dos assuntos apresentados. “O câncer de mama ainda é a doença que mais mata no Brasil. Prevenção e campanhas de conscientização ainda são o melhor caminho. O diagnóstico precoce tem conquistado 95% de taxa de cura e isso precisa ser levado em conta”, disse a advogada.

O deputado estadual Sergio Motta (Republicanos-SC), apoiador do ato realizado na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), destacou os problemas alarmantes enfrentados por famílias inteiras em função do câncer. Ele pontuou que além das mulheres, homens e crianças também precisam focar na prevenção contra esta doença. “A vida é o nosso maior patrimônio, prevenção é a melhor forma de vencer esta batalha”, ressaltou.

A secretária de Estado do movimento Mulheres Republicanas, Vera Pinheiro, evidenciou a campanha nacional que tem movimentado as mulheres, com foco na conscientização de que elas precisam estar em dia com os exames médicos e até mesmo o autoexame. “A campanha tem sido realizada em diversas regiões do Brasil, e em Florianópolis não seria diferente. Chamamos as mulheres para destacar este assunto que precisa de muita conscientização e debate todos os dias. Prevenção é tudo”, concluiu.