O governo federal vai investir R$ 163 milhões na formação de profissionais da área da saúde a partir de 2020. A portaria foi assinada na última semana pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. 

O valor deverá ser investido na formação de médicos, enfermeiros e dentistas especialistas em prevenção e acompanhamento de doenças como diabetes e hipertensão.

 

Os profissionais atuarão nos serviços de Atenção Primária do Sistema Único de Saúde (SUS). Os recursos serão destinados aos municípios e os secretários de saúde poderão solicitá-los a partir de janeiro do ano que vem.

 

A iniciativa faz parte do Programa Previne Brasil, do governo federal.