Zahyra Mattar
Tubarão

Em uma cerimônia bastante prestigiada, no Teatro Pedro Ivo, o governador Luiz Henrique deu posse ontem a três novos secretários de estado, entre eles o ex-prefeito de Grão-Pará, José Nei Ascari (DEM). Ele assumiu a pasta da administração, uma das mais importantes na gestão estadual. Ascari ocupa o cargo de Antonio Marcos Gavazzoni, que passa para a secretaria da fazenda.

O secretário, conforme adiantou ontem ao Notisul, ainda não definiu como comandará a pasta. Porém, já deixou claro que o principal ponto será o de continuidade dos trabalhos já feitos pelo antecessor. “O estado dá passos rápidos em direção à modernidade. A principal meta é a mesma já divulgada por Gavazzoni: modernizar a administração pública, tornar tudo mais acessível e menos burocrático”, ressalva o democrata.

Ascari foi prefeito pela primeira em 1993, aos 24 anos, na época o mais jovem de Santa Catarina, e cumpriu um segundo mandato entre 2001 e 2004. Ele deixou a prefeitura diretamente para a assembléia legislativa, como chefe de gabinete do presidente Julio Garcia (DEM), função que exerceu nos últimos quatro anos.
Paralelamente à posse de Ascari, Luiz Eduardo Dado Cherem, na pasta da saúde, e Gavazzoni, na fazenda, Luiz Henrique anunciou ainda os nomes de quatro colaboradores que assumem novas funções a partir de janeiro do próximo ano.

Na secretaria de infra-estrutura, Mauro Mariani está confirmado mais uma vez. A Celesc S.A. Holding continuará nas mãos do ex-vice-governador catarinense, Eduardo Pinho Moreira, enquanto a Celesc S.A. Distribuição será comandada por Sérgio Alves. Já a SC Parcerias, uma espécie de empreiteira do estado, ficará sob a instrução de Ivo Carminati.