A situação de disseminação do novo coronavírus em Santa Catarina é de atenção em todo o Estado. Diante do crescimento do número de casos, o Governo estadual alerta para medidas de isolamento social e cuidados da população. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, sete regiões estão em estado gravíssimo (veja abaixo), conforme a classificação na matriz de risco criada pelo órgão.

“Estamos trabalhando para que não faltem leitos de UTI em Santa Catarina. As taxas de ocupação estão em alta, portando, é necessário que estabilizemos a curva de contágio em um primeiro momento, para que ela venha a cair em seguida. Como não temos nenhuma vacina, a única receita de que a sociedade dispõe atualmente é o isolamento social. Precisamos reforçar isso nas próximas semanas. Essa é uma questão muito importante”, ressalta o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

Atualmente, Santa Catarina tem 49.781 casos confirmados de Covid-19, dos quais 39.896 estão recuperados e 9.297 continuam em acompanhamento. Desde o início da pandemia, 588 mortes já foram causadas pelo coronavírus. A taxa de letalidade é de 1,18%.

Sete regiões em risco de potencial gravíssimo:
Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel), Região Carbonífera, Foz do Rio Itajaí, Médio Vale do Itajaí, Grande Florianópolis, Nordeste e Xanxerê.

Foto: Ricardo Wolffenbuttel/Secom

Entre em nosso grupo do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul