Foto: Julio Cavalheiro/Secom/Divulgação
Foto: Julio Cavalheiro/Secom/Divulgação

Florianópolis

Uma das primeiras medidas, visando à contenção de gastos, anunciada pelo governador foi a desativação de 15 Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs). Estudos técnicos do Governo apontam que a economia anual pode chegar a R$ 50 milhões. Com a medida, mais de 180 cargos comissionados foram extintos.

Como será um Governo curto, Moreira diz acreditar que as ações devem ter como objetivo o compromisso com os principais anseios da sociedade. Na área da Saúde, o governador destacou que a decisão de repassar os 14% da receita líquida do Estado está sendo rigorosamente aplicada.

Outro número obtido no primeiro mês de governo diz respeito ao valor de restos a pagar do setor. Eduardo Pinho Moreira informou que foram repassados aproximadamente R$ 70 milhões para liquidar dívidas referentes ao ano de 2017. “São recursos separados. Estes R$ 70 milhões só poderiam ser usados para os pagamentos de faturas de 2017”, explicou Moreira. Segundo ele, mantendo o repasse dos 14%, revisando os contratos para eliminar os excessos, a Saúde terá avanços significativos.

Em outra área prioritária, a Segurança Pública, o governador destaca a união das forças de segurança e a maior presença das polícias nas ruas. Citou as operações conjuntas que têm aumentado a sensação de segurança, sobretudo em lugares mais vulneráveis à criminalidade, e contribuído com a redução dos índices de violência. “Vamos fortalecer cada vez mais estas ações, investindo em tecnologia, na aquisição de viaturas e equipamentos que protejam o nosso policial nessa missão tão nobre de proteção à vida dos catarinenses”, afirmou o governador Eduardo Pinho Moreira.

Ações na região

Desde que assumiu o governo de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira já visitou 11 cidades catarinenses de todas as regiões do Estado. Liberou R$ 72,8 milhões em obras inauguradas, convênios, repasses e licitações.

Laguna foi contemplada com recursos para asfaltar a Rodovia Municipal João Batista Wendhausen Moraes, no trecho que liga a comunidade de Bananal até a saída da BR-101. São R$ 4,2 milhões por meio de convênio para pavimentar 4,8 quilômetros.

Para melhorar a mobilidade do Extremo-Sul do Estado, o governador assinou editais de licitação para duas obras de revitalização nas rodovias SC-449 e SC-108. As vias fazem ligação entre o município de Sombrio até o município de Jacinto Machado, e de Meleiro até Turvo.

Em Garopaba, no Litoral Sul, foi assinado o edital para licitar a recuperação da SC-434 em 13 quilômetros, mais a implantação de ciclovia. Outro edital também foi liberado para recuperar a SC-390, no trecho de 8,7 quilômetros entre Orleans e Lauro Müller. A rodovia liga o Litoral Sul à Serra Catarinense.