A IPCTV, afiliada da Globo no Japão, anunciou que deixará de transmitir o sinal da emissora carioca para todo o país. Tal fato acontecerá já no mês de de março. De acordo com a IPC World, dona da emissora, a decisão foi do Grupo Globo.

No comunicado, a emissora celebra os 22 anos de história no país. Também foi justificado que o Grupo está em busca de novos modelos de negócio para explorar no país. “A IPC World informa que a transmissão do sinal internacional da TV Globo no Japão vai se encerrar. Isso acontecerá de acordo com o calendário informado. Isso é parte de um movimento de mudança e de novos modelos de negócio.”

O sinal da Globo ficará suspenso por tempo indeterminado. O corte será a partir do dia 31 de março. E continua a nota: “Fica aqui o nosso agradecimento a cada assinante pelo carinho durante os 22 anos de transmissão.”, diz um trecho do comunicado. O IPC também afirmou que o sinal da Globo ficará suspenso por tempo indeterminado a partir do dia 31 de março.

Segundo apurou o site NaTelinha, isso não vai influir na cobertura diária de fatos no Japão. Carlos Gil, atual correspondente, vai continuar por lá. Mas entrando de um escritório que será aberto pela Globo para entradas ao vivo. Lá também serão feitos as edição de matérias para o Brasil.