A Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga o desaparecimento do corpo de uma criança que foi dada como morta logo após o parto, no Hospital Miguel Couto, Zona Sul da cidade, na última terça-feira (17/9).
 
A criança teria nascido morta, de acordo com o relato dos pais à polícia. Ao tentar buscar o corpo, no dia seguinte, o pai do bebê não o encontrou.

De acordo com a 14ª DP (Leblon), estão agendados, para a tarde desta segunda-feira (23/9), depoimentos sobre o caso. Diligências também estão sendo realizadas.

Secretaria abre sindicância

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde da cidade do Rio de Janeiro afirmou que “tão logo teve ciência do ocorrido, o diretor da unidade foi, imediatamente, à delegacia da área para comunicação à autoridade policial; está colaborando com a polícia e abriu sindicância interna para apurar as responsabilidades; e está à disposição da família para as informações necessárias.”