A prática regular de exercícios físicos durante e após a gestação apresenta vários benefícios para a mamãe e para o bebê. A gravidez provoca inúmeras alterações físicas no corpo da mulher, incluindo a retenção de líquido e ganho de peso.

Após o parto, muitas mulheres têm dificuldade de voltar ao peso normal e adotar um estilo de vida ativo. Para algumas mulheres, os desafios da maternidade manifestam-se em sintomas físicos e mentais. Fadiga, muitas vezes agravada por distúrbios do sono, é comum e presente em quase dois terços das mulheres 12 meses após o parto.

A falta de vigor associada à fadiga, o sono irregular e a alimentação do recém-nascido, além de outros deveres familiares e de trabalho, podem afetar negativamente a vontade da mulher de exercitar-se. Em algumas mulheres, esses fatores levam a níveis significativos de depressão. E, quanto mais depressiva a mulher fica, pior a qualidade do sono, menos energia e menos vigor. A solução para combater esses fatores é justamente o exercício físico.

As evidências científicas indicam alguns benefícios para as mamães ao praticarem exercício físico regular:
– Reduz a fadiga e aumenta o vigor
– Melhora o humor e acuidade mental
– Melhora a aptidão física
– Auxilia no retorno do peso corporal
– Diminui o risco de desenvolver futuras condições crônicas de saúde
– Aumento da massa magra e redução da massa gorda

– Permite interações sociais

Quando recomeçar?
A maioria das mulheres volta para as atividades entre 4 e 6 semanas após o parto. Contudo, é super importante ter a liberação médica. Mulheres que tinham um estilo de vida ativo antes ou durante a gestação, tendem a voltar mais rapidamente. As mamães que eram sedentárias e que agora querem adotar um estilo de vida mais ativo devem começar mais lentamente.

Estabeleça pequenas metas:

Comece com intensidade leve e vá aumentado vagarosamente o esforço.
Exercícios leves e moderados não alteram o sabor do leite, portanto, se o treino for intenso, as mamães devem amamentar antes de treinar.
Você não precisa ir para uma academia. Utilize parques, ciclovias ou lugares agradáveis próximos a sua casa para passear com seu bebê.
Estabeleça uma meta para aumentar o seu número de passos entre 500 e 1000 a cada dia, até chegar nos 10.000 passos diários, obedecendo as recomendações do Colégio Americano de Medicina Esportiva.
Gradativamente, introduza exercícios neuromusculares ou funcionais, principalmente aqueles voltados para a região do abdômen.

Procure sempre a orientação de um profissional de Educação Física especializado

Ariane da Silva Mendes
Personal Trainer e Sócia da Ready Personal Trainers
48 98416-5099