Foto: Banco e Imagens Notisul

Entre segunda (19) e terça-feira (20), a equipe do Procon de Tubarão realizou uma pesquisa nos estabelecimentos que vendem gás de cozinha, a fim de mostrar os preços e as diferenças de pagamentos nos produtos. Conforme a pesquisa é possível encontrar uma diferença de até R$ 15 de um estabelecimento para o outro.

Foram oito locais consultados e o menor preço encontrado foi de R$ 70,00, na modalidade à vista e o mais caro R$ 78,00, nas modalidades crédito e débito. Mas também, é possível conferir o preço do produto com entrega, tanto no cartão como a vista e preço dos cascos.

É recomendado alguns cuidados na hora de adquirir o gás de cozinha. Além de comprar somente de revendedores autorizados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, a coordenadora do Procon, Andressa Fontanela, dá outras orientações. “O consumidor deve verificar se o botijão se encontra em boas condições com lacre, rótulo de boa segurança. E contendo instruções de uso, bem como o nome da empresa fornecedora em alto-relevo, assim como mês e ano de fabricação legível”, salienta Andressa.

É importante lembrar que o consumidor não deve aceitar botijões amassados, danificados ou enferrujados. Caso algum consumidor verifique valores acima dos informados, deve entrar em contato pelo telefone: 3621-9818 ou pelo e-mail procon@tubarao.sc.gov.br.

Clique aqui para ver os locais e os preços praticados: Pesquisa Gás de cozinha outubro2020