Higor está abaixo do peso e tem um quadro preocupante de desnutrição  -  Foto:Rafael Faustino/Divulgação/Notisul
Higor está abaixo do peso e tem um quadro preocupante de desnutrição - Foto:Rafael Faustino/Divulgação/Notisul

Jailson Vieira
Tubarão

O pequeno Higor Victalvino Faustino, de 2 anos e 4 meses,  a cada dia tem enfrentado com muita persistência, determinação e garra alguns problemas de saúde.  Ele é portador de cardiopatia congênita, além disso, necessita utilizar fórmula especial para a sua alimentação, o Pregomin Pepti ou Pregestimil Premium. 

Na semana passada, o garotinho passou por um cateterismo (procedimento que pode ser realizado em diversos órgãos. O tipo mais conhecido é o cardíaco, no qual um cateter é introduzido para atuar no coração). “Ele passou pelo procedimento na última quinta-feira e um dia depois já estava liberado para voltar para casa. Teve uma boa recuperação”, conta o pai do garoto, Rafael Faustino.

Conforme Rafael, a recuperação pode ter sido boa em um primeiro momento, porém os problemas de saúde do menino não estão amenizados. “Ele deve realizar uma cirurgia no Joana de Gusmão, em Florianópolis, mas temos que aguardar. Os médicos estão avaliando se será necessário ele utilizar um balão ou fazer a correção em uma artéria que está bem fechada”, explica.

O menino nasceu na Santa Casa de Misericórdia, em Porto Alegre. Aos 7 meses da gestação de Diana Victalvino, foi detectado que o bebê tinha as artérias do coração com a origem invertida e passou por uma cirurgia. Os pais são de Tubarão e na época se dedicarem em tempo integral ao menino. Atualmente, a mãe do garoto está no seguro-desemprego e o pai Raffael Faustino afastado do trabalho por problemas de saúde. 

Como tem alergia à proteína do leite, o complemento nutricional é fornecido pelo estado e disponibilizado na farmácia básica da prefeitura em Tubarão. Há dois meses, o alimento não é entregue aos pais da criança.  “O Higor está abaixo do peso e precisa fazer uso deste alimento especial por mais ou menos um ano. Como está muito abaixo do peso com um quadro de desnutrição, o procedimento o qual ele deverá passar só poderá ocorrer em fevereiro ou mais para frente. As fórmulas são caras e fica difícil arcarmos com tantos problemas”, lamenta Rafael.

Como colaborar
Para ajudar na aquisição do leite para o pequeno, pode-se fazer a doação das latas com as fórmulas no endereço: Rua Patrício Higino Mendonça 244, bairro Monte Castelo, em Tubarão, ou em dinheiro. 
Dados para depósito
Banco do Brasil
Agência: 5390-2
Conta poupança: 5.453.296-5
Variação: 51
Diana Victalvino
CPF: 050.449.729-40