Foto:Alida Bertoncini/Divulgação/Notisul
Foto:Alida Bertoncini/Divulgação/Notisul

Garopaba

O câncer de próstata é a quarta causa de morte entre homens no mundo e o segundo mais comum no Brasil. Desmistificar questões ligadas à prevenção da doença e promover a conscientização dos homens sobre a necessidade de acessar os serviços de saúde para fazer o acompanhamento frequente são os objetivos da campanha Novembro Azul que será realizada pela Secretaria de Saúde de Garopaba.

As ações deste ano trarão temas como a prevenção do câncer de próstata (sinais e sintomas), hábitos saudáveis de vida, com foco nos principais geradores de doenças cardiovasculares e pulmonares, assim como a proteção da vida contra as causas externas (acidentes automobilísticos). 

Hoje e no próximo dia 29, as Unidades de Saúde da Estratégia de Saúde da Família estarão abertas em horário diferenciado, das 18 às 21 horas para conversas, orientações, consultas médicas e exames (testes rápidos de HIV, hepatites B e C, e sífilis). Todos os procedimentos e abordagens serão realizados mediante a aceitação do homem.

Em São Ludgero, missa abre programação
Uma missa será realizada amanhã, às 19h30min, na Igreja Matriz de São Ludgero, com ênfase à importância dos cuidados com a saúde do homem. A cerimônia religiosa abre a programação formada por quatro eventos que ocorrerão durante este mês. Além da missa, faz parte da programação um passeio ciclístico, uma ação realizada na final do Campeonato Municipal de Futebol Suíço Interassociações e uma palestra abordando como cuidar da saúde para viver bem. A secretária de saúde e promoção social, Nilva Schlickmann Pickler, lembra que o câncer de próstata está atingindo homens cada vez mais jovens. “O Instituto Nacional do Câncer informa que é a segunda doença que mais mata homens no Brasil. A prevenção é o melhor caminho”, pontua. Ela acrescenta que as repartições públicas municipais já estão decoradas e todos os funcionários receberam uma camiseta que aborda a campanha.

O movimento
O movimento “Novembro Azul” iniciou na Austrália em 2008. E pelo reconhecimento da importância do tema, se tornou de abrangência mundial. O Brasil aderiu ao movimento, utilizando o mês de novembro para realizar ações de promoção e prevenção dos maiores fatores de risco à saúde do homem. É de conhecimento das partes de saúde que as quatro maiores causas de morbidade e mortalidade no sexo masculino são doenças cardiovasculares, causas externas (acidentes e traumas provocados por diversos objetos), câncer e problemas do pulmão, que juntos somam 70% das causas de morte no país.