Membros da diretoria da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Tubarão visitaram o terreno onde será construído o galpão de reciclagem, no bairro São Cristóvão.
Membros da diretoria da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Tubarão visitaram o terreno onde será construído o galpão de reciclagem, no bairro São Cristóvão.

Tubarão

Está agendada para a próxima semana a abertura das propostas das empresas que participam da licitação para a construção do Galpão da Reciclagem de Tubarão. A previsão é de que a obra seja iniciada em novembro.

A área escolhida, localizada no parque industrial do bairro São Cristóvão, foi cedida pela prefeitura de Tubarão. A Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis começou a ser idealizada no início deste ano e conta, inicialmente, com 25 famílias. Contudo, dados da prefeitura informam que pelo menos 100 famílias tubaronenses vivem da atividade na cidade.

Com a criação da cooperativa, será possível melhorar consideravelmente a vida destas pessoas. Todos passarão por uma capacitação para aprender a aproveitar ainda mais o material.
Além disso, vários núcleos de coleta dos resíduos serão montados em diversos pontos da cidade. Isto evitará que os catadores levem o material para casa e haja acúmulo de lixo.