A costureira Jéssica Mendes da Silva, de Gravatal, esperou mais de duas horas para poder fazer o primeiro título de eleitor
A costureira Jéssica Mendes da Silva, de Gravatal, esperou mais de duas horas para poder fazer o primeiro título de eleitor

 

Angelica Brunatto
Tubarão
 
Haja paciência para enfrentar as filas nos Cartórios Eleitorais de todo o Brasil nos últimos dias. A aproximação do prazo para regularizar a situação, transferir ou fazer o título, que encerra na próxima quarta-feira, fez muita gente correr.
Para atender a demanda, os cartórios da 33ª e 99ª zonas eleitorais em Tubarão funcionam em horário especial. Desde quarta-feira, os eleitores podem buscar pelos serviços das 9 às 19 horas.  
 
Também é possível aproveitar o fim de semana para regularizar a situação. Os cartórios estarão abertos neste sábado, das 10 às 17 horas. No domingo, o atendimento será das 13 às 18 horas.
 
A costureira Jéssica Mendes da Silva, 19 anos, aproveitou o horário diferenciado para fazer o primeiro título de eleitor. Ela saiu de Gravatal e chegou em Tubarão por volta das 15 horas de sexta-feira. “Peguei a senha 613, ainda consegui voltar para casa e retornar ao cartório”, lembra. Era 17 horas e Jéssica ainda estava na fila. 
 
A média de atendimentos diários nos cartórios eleitorais de Tubarão é de 500 eleitores. A tendência é que este número seja ainda maior até quarta. “Estamos preparados para no último dia atender 800 eleitores ou mais”, prevê a técnica judiciária da 33ª zona eleitoral, Daniele Maria Moraes Lima. 
 
A orientação é que os eleitores procurem o cartório eleitoral no fim de semana. “Estes dias de plantão, historicamente, são os que registram menor movimento”, sugere Daniele.
 
 
Fique atento!
 
Quem não regularizar a situação não poderá:
• Votar nestas eleições;
• Retirar passaporte;
• Fazer concursos públicos.
 
Documentos necessários
• Quem for tirar o título pela primeira vez deve portar documento de identidade;
• Os rapazes nascidos até 1993 devem apresentar certificado de reservista;
• Aqueles que tiveram o título cancelado devem portar carteira de identidade, o título antigo (se tiver) e um comprovante de residência em seu nome de três meses a um ano.
 
Quitação eleitoral
Quem deseja retirar a certidão de quitação eleitoral (necessária para passaporte, visto, transação bancária, e outras atividades) pode evitar as filas. O documento pode ser encontrado na internet, no endereço eletrônico: www.tse.jus.br.