Tubarão

Para finalizar o primeiro grupo prioritário, dos idosos e dos profissionais de saúde, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe terá uma manhã de vacinação para idosos de 60 a 74 anos. Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) da cidade, neste sábado (18), abrirão as portas às 8 horas para realizar a imunização desta faixa etária. Já a segunda fase da campanha, que deveria iniciar nesta quinta-feira (16), ainda não tem previsão no município, por falta de doses enviadas pelo Ministério da Saúde.

Com a últimas remessas enviadas pelo Ministério da Saúde, que aconteceram na tarde desta segunda (13) e terça-feira (14), Tubarão conta com sete mil doses para imunizar essa parte da população, de 60 a 74 anos, que ainda não se imunizaram. A quantidade será dividia entre os 32 postos de saúde, de forma proporcional equivalente ao número de idosos na região, e acontecerá até encerrar o estoque.

Para receber a imunização, é importante ressaltar que o idoso precisa estar munido de um documento com foto e se possível, a caderneta de vacinação. Como também, estar com uma máscara de proteção individual. Nos locais, haverá organização na fila respeitando o distanciamento.

Segundo fase dos grupos prioritários

A segunda fase de vacinação contra a influenza, que abrange sete tipos de grupos prioritários, ainda não tem data para iniciar em Tubarão por falta de doses da vacina, apesar de o Ministério da Saúde abrir nesta quinta-feira (16).

Nesta nova etapa, podem receber a imunização esses grupos:

• Profissionais das forças de segurança e salvamento;

• Caminhoneiros;

• Motoristas de transporte coletivo;

• Portadores de doenças crônicas não transmissíveis (comorbidades) e outras condições clínicas especiais;

• Pessoas privadas de liberdade;

• Profissionais do sistema prisional;

• Adolescentes e jovens, de 12 a 21 anos, que cumprem medidas socioeducativas.

A campanha para esse segundo público vai acontecer assim que novas remessas chegarem no município. “Está programada essa entrega de doses semanalmente, sem data definida. Então até o momento, não sabemos quando essa etapa inicia no município”, relata a enfermeira da Atenção Básica Shaiane Salvador.