#ParaTodosVerem Na foto, um grupo de pessoas aplaude a inauguração da nova estrutura do Senai e do Sesi em Braço do Norte
Em Braço do Norte, a nova estrutura do Senai e do Sesi permitirão também a ampliação e a modernização dos serviços na região do Vale - Foto: Patrícia Laureano | Laureano Comunicação | Divulgação

O Sesi e o Senai em Braço do Norte estão em casa nova. A estrutura das duas unidades na maior cidade do Vale funcionam no mesmo ambiente, mas agora em um espaço muito mais organizado, acessível, além de uma estrutura que permite a ampliação dos serviços em educação e saúde na região. A inauguração, na noite desta terça-feira (24), contou com a presença do presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Mario Cezar Aguiar, e também do vice-presidente Litoral Sul da entidade, Alexsandro da Cruz Barbosa. No Senai, são mais de 600 pessoas matriculadas em cursos profissionalizantes. No Sesi, a novidade é que a unidade agora contará com consultório médico e sala de audiometria. “Hoje a grande demanda nas indústrias catarinenses e brasileiras é a qualificação de profissionais e a função do Senai e do Sesi é preparar as pessoas para estarem aptas para ingressarem no mundo do trabalho”, afirmou Mario Cezar. “Santa Catarina é um estado diferenciado, e tem se destacado muito por conta do seu empreendedorismo. A nossa economia tem uma base muito forte na indústria e essa é a vocação do nosso Estado. Onde tem indústria, tem desenvolvimento”, acrescentou.

O Sesi e o Senai ocupam um espaço de 960 metros quadrados dentro do Complexo Educacional da Weber Empreendimentos, que abriga também outras instituições de ensino, como a Unisul e o Colégio Dehon. O Senai oferece cursos de aprendizagem industrial, técnicos e de formação inicial e continuada de profissionais para a indústria. O Sesi oferecerá atendimento médico e de audiometria, cursos de normas regulamentadoras e educação de jovens e adultos. A estrutura física é composta por três salas de aula e laboratórios de informática, automação industrial, acionamentos elétricos, eletricidade predial e multiuso (no momento adaptado à área de marcenaria, para curso em parceria com a Inmes Industrial), salas de leitura, de professores, de coordenação escolar e de reuniões, além dos ambientes de saúde. “Nos últimos anos nos empenhamos com o objetivo de ampliar as ofertas de serviços qualificados para as indústrias, modernizando a infraestrutura de atendimento”, destacou o vice-presidente Litoral Sul da Fiesc, Alexsandro da Cruz Barbosa.

Senai de Capivari de Baixo passa por completa modernização
A unidade do Senai em Capivari de Baixo foi inaugurada em 2013 e passou por uma modernização neste início de ano. Possui área construída de 3,7 mil metros quadrados em terreno de sete mil metros quadrados. São nove laboratórios didáticos, de instrumentação, automação industrial, eletricista predial industrial, eletrônica, acionamentos elétricos, processos de geração de energia, motores, solda, automotivo, informática, CAD/engenharia reversa, costura, biblioteca e cinco salas de aula. A área administrativa é composta por salas para professores, secretaria, coordenação e orientação escolar.

#ParaTodosVerem Na foto, um grupo de pessoas ouve o presidente da Fiesc, Mario Cezar Aguiar, palestrar sobre o desempenho industrial de Santa Catarina
Além de visitar a unidade do Senai em Capivari de Baixo, que passou por uma ampla modernização, o presidente da Fiesc, Mario Cezar Aguiar proferiu palestra na Acit para empresários e agentes políticos da região Sul – Foto: Patrícia Laureano | Laureano Comunicação | Divulgação

Os cursos também serão de aprendizagem industrial, técnicos e de formação inicial e continuada. A reinauguração do espaço também ocorreu nesta terça-feira (24). Na oportunidade, as entidades da Fiesc homenagearam a diretoria do Complexo Termelétrico Jorge Lacerda pela duradoura parceria na execução de serviços de educação e de saúde. Mesmo com a venda da usina, no fim do ano passado, a Diamante Geração de Energia manteve a parceria com o Senai e lançou mais um curso pós-técnico para a formação de operadores de usina termelétrica. Foram 147 inscritos para as 25 vagas.

Fiesc destaca da diversidade industrial de Santa Catarina
Após os dois eventos de inauguração, o presidente da Fiesc, Mario Cezar Aguiar, proferiu uma palestra a empresários e autoridades políticas da região na Associação Empresarial de Tubarão (Acit). O industrial destacou a importância potencialidade e diferenciais do Porto de Imbituba para a economia da região e enfatizou a necessidade de ampliar os investimentos e logística, incluindo o modal marítimo. Hoje, Santa Catarina é a sexta maior economia do Brasil.

Fonte: Patrícia Laureano, da Laureano Comunicação | Fiesc
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul