Bertoldo Weber
São Ludgero

A festa do padroeiro de São Ludgero terá novidades neste ano. As comemorações têm início hoje e estendem-se até domingo. A diferença fica por conta da segurança. O evento será monitorado por câmeras de segurança instalada em local estratégico. Como a festa é considerada para toda a família, a comunidade em geral e visitantes da região terão mais um motivo para não deixar de participar.

A polícia instalou no prédio do seminário uma câmera de segurança, com giro de 360 graus. Este equipamento gravará 24 horas por dia, durante os três dias de realização da festa.

As filmagens poderão ser utilizadas em qualquer eventualidade, como brigas e roubos, por exemplo. Para monitorar as atividades, está montado, em frente ao salão, um posto policial, onde a população poderá acompanhar o funcionamento do equipamento.

Além da câmera, a segurança do evento contará com nove policiais por dia, seis cedidos pelo comando de Braço do Norte. Estes policiais estarão circulando e acompanhando o andamento das atividades.

Quem participar da festa irá encontrar uma variada programação religiosa, eventos culturais, esportivos, recreativos, sociais e serviços de bar e cozinha, com pratos típicos.

“Todos os preparativos estão sendo realizados. Parece que até o tempo contribuirá. A festa do padroeiro São Ludgero é uma celebração familiar dos sãoludgerenses”, declara o pároco de São Ludgero, Domingos Dorigon. Todos os anos, o lucro do evento é direcionado à manutenção administrativa da paróquia, bem como melhorias necessárias.

Padre Dorigon informa que, este ano, investimentos devem ser feitos no telhado da igreja matriz, na Casa das Irmãs, em manutenções da paróquia.

Recém-chegado a São Ludgero, é a primeira vez que padre Domingos participa da organização da festa do padroeiro local. Na parte religiosa, as novidades serão a presença do padre Lino Brunel, de Orleans, e do ex-bispo auxiliar de Florianópolis, Vito Schlickmann.

A programação da festa é preparada pelo Conselho de Assuntos Econômicos Paroquial (Caep). A noite alemã é uma das grandes atrações. Toda a comunidade está envolvida na preparação da festa. A secretária da paróquia, Sonia De Bem Becker, destaca o trabalho voluntário para a realização do evento. “São inúmeras entidades e pessoas que, todos os anos, trabalham de forma voluntária para que a festa, a cada ano, fique melhor”, enfatiza.