Priscila Alano
Tubarão

Em um misto de fé e devoção, centenas de fiéis participaram ontem à tarde da celebração de Corpus Christi em toda a região. No centro de Tubarão, a procissão que percorreria as principais ruas do centro da cidade foi cancelada em função do mau tempo. Nem os tapetes foram confeccionados.
Uma procissão simbólica foi realizada internamente na Catedral. Cartazes e banners confeccionados pelas pastorais e pelos catequizandos foram utilizados para decorar a igreja. Após a missa, os fiéis puderam adorar o Corpo de Cristo.

O pároco da catedral, padre Elias Della Giustina, define a data como um dia especial para os fiéis, pois é quando se recorda a instituição da eucaristia, é a celebração do corpo e do sangue de Jesus presente. “Neste dia, comemoramos a instituição do Santíssimo Sacramento, é o único dia em que saímos em procissão pelas ruas. Pois o Senhor é o alimento e o remédio de nossa alma”, explica o pároco, e acrescenta que a eucaristia é fonte e centro de toda a vida cristã.

É quando se recorda a passagem da Bíblia que diz: “Isto é o meu corpo, que é entregue por vós; fazei isto em memória de mim. Do mesmo modo, depois de haver ceado, tomou também o cálice, dizendo: Este cálice é a Nova Aliança no meu sangue; todas as vezes que o beberdes, fazei-o em memória de mim”.
A dona de casa Dina Lemos participa da celebração de Corpus Christi anualmente. Para ela, este é o momento de agradecer a Deus pelas conquistas e graças alcançadas.

Doações
Os cobertores e agasalhos arrecadados serão doados para entidades assistenciais do município, que farão a entrega para as famílias carentes cadastradas. A meta era arrecadar mil cobertores.