Com o intuito de fomentar ações de ativação dos ecossistemas regionais de Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI) e para desenvolver a cultura de empreendedorismo e inovação nas diversas regiões de Santa Catarina, a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) fará um investimento de R$ 2 milhões.

Serão contemplados 20 projetos, que poderão receber até R$ 100 mil cada um. As inscrições podem ser feitas até 15 de outubro, às 18h, na Plataforma de CTI da Fapesc. Nesta quarta-feira (29), às 16h, a fundação fará uma live para explicar com detalhes o funcionamento do edital 40/2021. Acompanhe a transmissão pelo canal do YouTube ou pelo LinkedIn.

De acordo com o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, o programa busca conectar as regiões do entorno dos Centros de Inovação com projetos que possam desenvolver a cultura empreendedora e inovadora.

“Queremos que os projetos conectem esses habitats de inovação com os centros de inovação e com as entidades que fazem parte desse ecossistema. O nosso objetivo é trazer cada vez mais empreendedores para dentro deste ecossistema, gerar oportunidades, gerar discussão, aproximação e novas conexões.”

O Secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon, reforçou com a afirmação de que “a inovação e o empreendedorismo são grandes propulsores do avanço econômico em Santa Catarina”.

“Neste sentido, o Governo de Santa Catarina, de maneira conjunta, incentiva a pesquisa e a inovação em todas as regiões do estado, fortalecendo núcleos regionais. O edital promoverá ações que trarão melhorias, soluções e oportunidades aos catarinenses”.

Esta é a segunda edição do Programa de Apoio à Ativação do Ecossistema de Ciência, Tecnologia e Inovação e Desenvolvimento da Cultura de Empreendedorismo Inovador. O primeiro, lançado em 2019, investiu R$ 1,5 milhão.

De acordo com a gerente de Tecnologia e Inovação da Fapesc, Gabriela Botelho Mager, a Fapesc lançou a segunda edição do programa por perceber que o ecossistema de tecnologia e inovação do estado vem crescendo rapidamente e novos centros vem surgindo em várias cidades do estado.

“O objetivo do programa é apoiar projetos que detalhem ações de ativação dos centros, para que se estruturem e se dinamizem e, também, ações que ampliem a cultura do empreendedorismo inovador em sua região”, explicou Gabriela.

Poderão participar da chamada pública os Centros de Inovação (CI) em funcionamento, entidades integrantes dos comitês de implantação dos CI e/ou das Instituições de Ciências e Tecnologias (ICT) públicas ou privadas sem fins lucrativos, incubadoras, parques tecnológicos e demais atores do ecossistema de CTI do Estado que firmarem parceria/vínculo com os CI da Rede Catarinense de Centros de Inovação (RCCI).

É vedada a participação neste edital os Centros de Inovação que foram contemplados na Chamada Pública FAPESC 10/2021 – Apoio à Operação dos Centros de Inovação.

Clique aqui para acessar o edital