#Pracegover Foto: na imagem há um homem de boné, óculos escuro, camiseta cinza e ele está sorridente
#Pracegover Foto: na imagem há um homem de boné, óculos escuro, camiseta cinza e ele está sorridente

A família de Moisés Torquato Amorim, o Dédo, de 33 anos, segue em busca de informações que levem ao paradeiro da jovem. Segundo familiares, ele está desaparecido desde o dia 20 de janeiro. São 22 dias de desaparecimento. O caso foi registrado na Polícia Civil de Capivari de Baixo.

Ele saiu de casa, no bairro Alvorada, às 16h, com uma calça jeans, um tênis preto, uma blusa de lã cinza e com boné verde escuro da marca Nike. Dédo estava desempregado e não costumava sair sem dar informações. O homem até a data do ocorrido morava com a mãe, Maria Madalena Torquato, a Lena. O morador do bairro Alvorada é solteiro e não tem filhos.

Nas redes sociais, a irmã do jovem, Nazaré Torquato Amorim, publicou que nesta quarta-feira (10), completava 21 dias sem notícias do irmão. “Pedindo que Jesus te guarde e te proteja. Compartilhem, por favor!”, solicitou.

Ele completou 33 anos no último sábado (6), em suas redes sociais Nazaré lembrou a passagem de aniversário do irmão com muito carinho e esperançosa que o encontro entre ele e os familiares ocorra em breve. “Hoje é seu dia! É ruim estar distante em seu aniversário e não poder comemorar com um bolo bem gostoso, escutar a sua voz ao telefone! Que saudades estamos de você. Oro a Deus pela sua vida para que esteja bem. Porque tem sido insuportável não saber de você! Mais hoje só quero agradecer a Deus por ter me dado a honra de dividir a nossa infância juntos, quantas risadas, subimos em pedras, pegamos as galinhas do nosso avô. Quanta coisas vivemos! Nossa como era bom! Éramos crianças tão felizes. Sua companhia é inigualável e eu desconheço um parceiro melhor para viver as mais loucas aventuras! Saiba que sinto a sua falta e espero pelo dia em que mataremos as saudades um do outro. Enquanto isso não é possível fico aqui torcendo por você não só hoje, mas todos os dias”, pontuou.

O delegado de polícia da cidade termelétrica, Vandilson Moreira da Silva, afirmou que os trabalhos da polícia em torno do caso permanecem e que o desaparecimento do homem de 33 anos, é investigado em conjunto com a Delegacia de Pessoas Desaparecidas da Capital. “Pedimos que qualquer informação seja encaminhada para a Delegacia de Polícia de Capivari de Baixo por meios dos telefones (48) 3631-9307, 181, 197 ou pelo WhatsApp (48) 98844-0011. O sigilo e o anonimato das informações serão mantidos”, afirmou.

Qualquer informação pode ser repassada pelos números: (48) 9968-4283 ou (48) 99827-1136, com Nazaré. Informações também devem ser repassadas para a Polícia Militar no número 190.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul