#PraCegoVer Na foto, uma tubulação de água rompida
O rompimento de mais uma rede no KM 60, em Tubarão, voltou a deixar a comunidade sem água. Os moradores das Guardas Margem Esquerda e Direita e KM 63, atendimentos pelo mesmo ramal, também foram impactados - Foto: Tubarão Saneamento | Divulgação

Três cidades da região ainda estão com problemas de abastecimento de água. A situação mais crítica é em Braço do Norte, Em alguns pontos da cidade, as comunidades estão desde quarta-feira (3) sem o fornecimento, ocasionado pelo entupimento da tubulação. Segundo informações da Casan, a cheia do Rio Braço do Norte alagou a casa de máquinas e prejudicou todo o sistema de captação, tratamento e distribuição de água. Com a inundação e o alto volume de água que desceu pelas encostas, a tubulação ficou cheia de lama, pequenos galhos, pedras e outros materiais orgânicos. O sistema precisou ser completamente desligado para desobstrução e limpeza, o que é feito desde quinta-feira (5), sem sucesso.

Na sexta-feira (6), o sistema de tratamento trabalhou apenas com metade da capacidade, o que deixou milhares de unidades consumidoras com as torneiras completamente secas. O trabalho de recuperação da rede ainda não foi finalizado neste sábado (7). Ainda conforme a concessionária, o restabelecimento deverá ocorrer de forma gradual a partir desta tarde, com previsão de normalização somente após as 21 horas. Contudo, vale o alerta de que estes prazos dependem do término da recuperação da rede. EM São Ludgero, as equipes do Samae trabalharam até a madrugada deste sábado (7) para restabelecer o sistema de água na cidade. O fornecimento começou a ser feito de maneira gradual ainda na madrugada, mas agora pela manhã, com o alto consumo, alguns bairros voltaram a ficar sem o líquido. Para conseguir atender as regiões mais altas – caso do Santo Antônio e Dona Jordina, por exemplo -, sem abastecimento há mais de 24 horas, o Samae precisou fechar o fornecimento para algumas localidades.

As pessoas devem evitar o uso da água para lavar roupas, calçadas e carros. O sistema trabalha em carga máxima e assim que o fornecimento for totalmente normalizado, não haverá mais falta de água. Contudo, para que isso ocorra mais rapidamente e em toda cidade, a população precisa ter maior consciência quanto ao uso na próximas horas. Em Tubarão, um novo rompimento de rede continua a comprometer o fornecimento da água nos Bairros Guarda Margem Direita, Guarda Margem Esquerda, KM 60 e KM 63. O problema ocorreu no fim a manhã deste sábado, no KM 60. Conforme a Tubarão Saneamento, os moradores devem fechar o registro geral de seus imóveis pelo menos até as 14 horas, previsão inicial para os reparos necessários.

Fonte: Samae de São Ludgero, Casa de Braço do norte e Tubarão Saneamento
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul