Existem dois tipos de fobia social: A ansiedade social generalizada, isto é, o medo de qualquer comunicação. A outra fobia é proveniente da  relação social e ansiedade social específica que surge apenas em determinadas situações, por exemplo, falar em público.
 
E porque temos medo de falar em público? William James o pai da Psicologia moderna dizia que uma das maiores necessidades do ser humano é o “desejo de se sentir importante”.
 

De acordo com o CEO da Altiva Brasil, Antônio Carlos Cardoso, quando as pessoas estão falando em público a maior preocupação é com a opinião dos outros. Medo de errar, dar um branco, demonstrar insegurança ou nervosismo entre outros sentimentos negativos.

“As pessoas têm medo do que os outros vão pensar dela, por isso preferem não falar em público, assim não correm o risco de não se sentir importante mediante o julgamento negativo dos outros. Quantas oportunidades as pessoas perdem por medo de falar em público?”, questiona o palestrante.

 

Antônio Carlos garante que quem fala bem em público aproveita as melhores oportunidades. O CEO da Altiva Brasil cita uma fala de Zico, o Galinho de Quintino, para reforçar seu pensamento:  “O medo de perder, faz perder a vontade de ganhar”.

“Ficar só alimentando o que pode dar errado em uma apresentação te faz perder a vontade de apresentar. Te faz perder a vontade de até buscar por novos conhecimentos com respeito a habilidade de falar em público” reitera. 

 

Um exemplo sobre a fala de Antônio Carlos é que as melhores vagas de emprego passam por dinâmicas onde o candidato precisa fazer uma apresentação, e quem não estiver preparado pode se dar mal.

“Falar bem não se resume apenas a vagas de emprego. Em uma apresentação de trabalho na faculdade, na apresentação do tão preocupante TCC. Também os profissionais liberais como advogados, arquitetos, engenheiros entre outras profissões, a boa comunicação é essencial para vender sua ideia e para o sucesso do seu negócio. Quem se comunica bem aproveita melhor as oportunidades, convence mais e tem os melhores salários. Mesmo que você já ganhe bem, que você pense que não precisa falar bem em público, ainda assim eu lhe aconselho a aprimorar esta habilidade, pois o futuro só a Deus pertence, você nunca sabe quando vai precisar falar (bem) em público”, reforça.

Para quem ficou interessado nas dicas, Antonio Carlos estará na CDL em Tubarão nos dias 27 e 28 de setembro para dar o treinamento e Comunicação Persuasiva e Oratória. As vagas são limitadas. As inscrições podem ser feitas pelo site altivabrasil.com.br

Perfil do palestrante
Antônio Carlos é pós-graduado em Gestão de Pessoas pela FGV. Professor de pós-graduação nas disciplinas de Oratória e Retórica, Negociação e Vendas. Tem Formação em Coaching pelo BCI da Inglaterra e atua há mais de 25 anos ministrando treinamentos por todo o país.