Uma carta à sociedade foi divulgada pelo ex-vice-prefeito de Tubarão, Caio Tokarski, nesta segunda-feira (04), por meio de sua cunhada, vereadora Luciane Tokarski.

Na carta, o réu da Operação Mensageiro agradece aos familiares e amigos que se compadecem de sua situação, nela também consta que pretende retomar a carreira profissional na advocacia.

Acusado de participar de corrupção ativa e passiva, organização criminosa, esquema criminoso de fraude em licitação e lavagem de dinheiro no setor de coleta e destinação de lixo, o ex-vice-prefeito continuará respondendo o processo, só que agora em liberdade.

Carta à sociedade:

Eu sempre aprendi ao longo de minha vida, que a gratidão é o maior e mais valioso dos sentimentos e neste momento tão emblemático que vivenciamos desde a última sexta-feira (01/09/2023), não poderia deixar de manifestar meus agradecimentos através da vereadora Luciane Tokarski. Primeiro a Deus pela luz e condução de cada momento de uma situação que no primeiro momento parecia um devastador castigo e provação, mas que ao longo dos dias foi se transformando em oportunidades de disciplina, resiliência, paciência e evolução como homem, pai, filho, irmão e principalmente como cristão a cada entendimento dos propósitos dos acontecimentos.

À minha família pela luta incansável e dedicação de cada dia ao meu lado onde juntamente com meus advogados buscaram a todo tempo superar cada obstáculo imposto. A cada amigo, cada tubaronense e a todos que de alguma forma se compadeceram, oraram e foram solidários com essa dura e penosa caminhada, minha eterna gratidão.

Por fim, deixo meu sentimento de respeito a todas as instituições (Ministério Público, Poder Judiciário e demais entes), que mesmo em muitos momentos de discordância e contrariedade atuaram e atuam nessa contenda. Seguirei daqui para frente como sempre fiz, de cabeça erguida, olhando para frente e com muito trabalho, retomando minha jornada profissional na advocacia, com a confiança que o tempo sempre foi e será soberano para demonstrar, comprovar e julgar a verdadeira e real narrativa de cada ilação ou fato imputado. Obrigado a todos!

Tubarão, 04/09/2023
CAIO CESAR TOKARSKI”