O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou a Salvador, na Bahia, para participar do Fórum Social Mundial na quinta-feira (15/03/2018). Lula foi recebido por um grupo de índios que conduziram um ritual de proteção e, em seguida, discutiu pautas relacionadas à questão indígena.

Em seu segundo encontro com o ex-presidente, Kâhu Pataxó, que é coordenador do Movimento dos Povos Indígenas da Bahia, falou sobre a atual dificuldade de se debater a questão indígena no Brasil.

“Viemos trazer nossas pautas e expor ao presidente Lula os retrocessos na disputa pela demarcação de territórios, como a ameaça do marco temporal e o sucateamento da Funai”, explicou o índio da tribo Pataxó.

Ao todo, 453 índios estão acampados em Salvador para participar do Fórum e construir a resistência perante a perda de direitos no atual governo. Mais de 20 etnias estão representadas, entre elas povos do Canadá e Colômbia.