#ParaTodosVerem Na foto, o escritor e professor Waldir Rampinelli quando foi premiado pela Academia Catarinense de Letras pela sua obra “O menino que vê o mundo – confidências sobre os imigrantes italianos”, considerada o livro do ano em 2019
Waldir José Rampinelli é autor de 16 livros. EM Imbituba, em agosto, fará um novo lançamento das três mais importantes de sua carreira - Foto: Arquivo pessoal | Divulgação

O escritor e professor do Departamento de História da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Waldir José Rampinelli, fará um novo lançamento de três de suas principais obras em Imbituba. Natural de Nova Veneza, Rampinelli tem um forte ligação com a cidade e com Imaruí, locais onde atuou como padre na década de 70. A noite de autógrafos será no dia 12 de agosto, às 19 horas, Restaurante e Pizzaria Marcão, no Centro da cidade portuária. Rampinelli já escreveu 16 livros. Em Imbituba, relançará três de suas mais importantes obras. Uma delas é “Evangelho e Manifesto”, que conta com o prefácio do grande filósofo e teólogo Leonardo Boff.

Na mesa também estarão “Os botões da batina”, uma obra onde ele conta histórias do tempo em que foi padre em Imaruí e Imbituba, e o premiado “O menino que vê o mundo – confidências sobre os imigrantes italianos”, considerado o livro do ano de 2019 pela pela Academia Catarinense de Letras (ACL). Ex-padre e pároco em Imaruí e Imbituba, o autor é formado em filosofia, teologia, letras e direito, é mestre em estudos latino-americanos pela Universidade Nacional Autônoma do México (Unam) e doutor em ciências sociais-política pela Universidade Pontifícia Católica de São Paulo (PUC-SP). 

Rampinelli também foi diretor do Seminário Nossa Senhora de Fátima, em Tubarão, e diretor do Hospital São Camilo, em Imbituba. Este ano ele foi homenageado pela Câmara de Vereadores de Imaruí com uma moção de aplausos e congratulações, de autoria do vereador Almir Rogério Francisco. Casado com a técnica universitária de desenvolvimento da Udesc, Gleicy de Cássia Borges Rampinelli, ele tem dois filhos: o delegado de polícia civil Raphael Eghert Rampinelli e a engenheira Camilla Borges Rampinelli.

Edição: Zahyra Mattar | Notisul a partir de informações enviadas pelo autor

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul