#Pracegover Na foto, Fernandinha aparece sorrindo
Foto: Assessoria de imprensa UniSul

Conseguir aliar o trabalho ao que se ama é um objetivo de vida. E, no caso da Personal Trainer, Renata de Lima, e ex-aluna da UniSul, integrante do Ecossistema Ânima Educação, que concluiu a graduação em Educação Física no ano de 2006, esse sonho se tornou realidade após uma trajetória de muita dedicação, perseverança e foco.

Aos 40 anos, no auge de sua vida e com uma carreira consolidada, a profissional se tornou um sucesso nas redes sociais com a chegada da Covid-19. Em tempos de pandemia, onde o isolamento social afetou a todos tanto física quanto psicologicamente, Renata dá dicas de exercícios e fala sobre a importância da atividade física para melhorar a qualidade de vida das pessoas,

A educadora física sempre gostou de esporte e decidiu buscar conhecimento técnico para se aperfeiçoar. Ingressante na UniSul em 2002, Renata além de se dedicar aos estudos, teve uma atuação forte na Instituição onde fez parte do corpo docente. “A UniSul foi minha porta de entrada para meu futuro e após ter engravidado aos 16 anos, atrasando minha entrada no curso superior, meu sonho de ser Personal Trainer se tornou possível. Entrei na UniSul e me envolvi em todos os projetos que eu podia para que eu pudesse amadurecer não só como pessoa, mas também avançar com meus planos profissionais”, destaca a profissional.

Já com muita experiência no mercado, Renatinha como é conhecida, desenvolveu um método de exercícios online para mulheres. “Um ano antes da pandemia, em maio de 2019 eu criei um método de treino exclusivo pra mulheres, para se fazer em casa, sem complicações e sem equipamentos. Eu sempre usei as redes sociais para divulgar meu trabalho e motivar as pessoas”, ressalta

Com a pandemia e o isolamento social imposto pelas autoridades para controlar o contágio pelo coronavírus, as pessoas passaram a se preocupar mais com a saúde. Se por um lado o número de pessoal sedentárias aumentou, por outro também é possível constatar um aumento no número de pessoas que passaram a se exercitar em casa, uma forte tendência que o mercado aderiu. Prova disso são os dados pulicados na pesquisa feita pela plataforma de atividades físicas Queima Diária, que tem mais de 375 mil assinantes, que apontou um crescimento de 376% no número de usuários no comparativo entre março de 2019 e março de 2020.

“Minha profissão está em ascensão devido a importância que as pessoas estão dando a saúde tanto física como mental.  Os exercícios físicos sempre foram feitos com um olhar mais voltado para a estética e hoje as pessoas enxergam como qualidade de vida.  Vários estudos apontam que uma rotina de exercícios ajuda na prevenção de doenças cardíacas, diabetes dentre outras”, esclarece a Personal Trainer.

A profissional ressalta ainda que com a pandemia, como ela já estava habituada com as rotinas de treinos online, houve impacto no seu trabalho, mas foi uma questão de adaptação. “Eu tive que intensificar minha atuação nas redes sociais e como eu já trabalhava com treinos em casa foi um impacto positivo. A diferença foi que investi mais em equipamentos e parcerias e ampliei minha área de atuação dando mentoria para ajudar colegas que não usavam a rede social e tiveram que se reinventar”.

Renatinha também destaca que foi necessário estudar melhor a mudança de comportamento do público que passou a procurar por maneiras de se exercitar em casa “Mesmo já atuando no meio digital, precisei estudar melhor as ferramentas para trabalhar muito mais no online. Tive que adaptar os treinos para o tempo certo, melhorar a dinâmica das aulas para maior entendimento de quem não gostava de usar o telefone para treinar e aprendi e me dediquei muito a utilização das ferramentas online para ampliar meu negócio”.

Os desafios da profissão  

Mesmo sendo uma profissional bem-sucedida, Renata destaca os desafios da profissão. “Ainda existe muito preconceito e as pessoas acham que ser um profissional formado em Educação Física é fácil, não necessita estudo e é só sobre bola e apito. Além do preconceito outro desafio foi trazer “glamour” para profissão e encarar as redes sociais para mostrar o meu trabalho sem medo de ser criticada e copiada. Exercício não é só treino e estética” reforça.

Renata conta que está satisfeita em seu trabalho e tem perspectivas positivas para o futuro. “Me sinto orgulhosa e sou bem-sucedida como Personal Trainer, mas espero para os próximos anos o reconhecimento nacional e internacional como profissional de referência. Quero ampliar meu negócio online o Operação Gata Sarada, que hoje é um programa de treino de 14 minutos para mulheres, 100% online e com mais de 20 mil mulheres, para um programa que alcance milhões!”, finaliza.

Renatinha (@renatinhadelima_) ainda deu algumas dicas para quem quer iniciar os treinos em casa.

– Escolha um tipo de treino que você se identifique de acordo com teu objetivo necessidade;

– Organize sua rotina e separe a hora exata para fazer;

Recomendo: acordar, treinar e viver. Que é meu lema na rede social.

– Separe um espaço na sua casa para praticar e deixe seu colchonete ali, para você sempre lembrar;

– Combine com uma amiga para se ligarem e treinarem juntas. Parceria sempre motiva.

– Crie metas pequenas e pequenas recompensas (de preferência não em comida) para se “presentear” após 1 semana de treinos!

– Repita toda manhã ao acordar:

É difícil, dá preguiça, mas eu quero ser mais ativa, mais saudável e mais feliz e todo dia 15 ou 20 minutos no máximo me deixará assim!

Ressalto também que é necessário ter a orientação de um profissional com experiência em treinos sem equipamento.

– Se for utilizar equipamentos, ter a orientação para o uso correto;

–  Ter a prescrição correta pra sua necessidade e objetivo;

– Muito cuidado com os “treinos milagrosos” da internet para não se lesionar ou ter efeito rebote;

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul