Lauro Muller

A Polícia Militar foi chamada na tarde desta segunda-feira (26), para atender a um caso de furto dentro da sala de aula em Lauro Müller. As vítimas são três adolescentes do 7° ano da Escola de Educação Básica Engenheiro Ernani Cotri, localizada no distrito do Guatá. De dentro da mochila de uma das alunas, foram levados a quantia de R$ 75 e um telefone celular.

O dinheiro e o celular estavam dentro da mochila de uma das estudantes. “Segundo elas, deixaram a quantia que era de mais duas colegas, em uma das mochilas, junto com o celular. Quanto voltaram do recreio, não estavam mais”, conta a diretora da escola, Greisi Terezinha Coan Bez Batti.

A unidade escolar possui câmeras de vigilância para garantir a segurança dos estudantes. Mas, no caso do furto, a direção orienta para que os estudantes não tragam dinheiro para a escola. Quanto ao celular, é proibido. “Não há necessidade de trazer valores. Se for por causa do lanche, o estudante é bem servido com a merenda de qualidade. Evitem trazer dinheiro. E, o celular, já avisamos os pais e os estudantes que é proibido o uso em sala de aula, por isso não nos responsabilizamos quanto a isso”, destaca a diretora.

O caso agora deverá ser investigado pela Polícia Civil da cidade. No Estado, o uso de celulares é proibido por lei desde 2008.

A E.E.B Engenheiro Ernani Cotrin atende atualmente cerca de 430 alunos do 1° ano do Ensino Fundamental até o 3° ano do Ensino Médio.