Os alunos da Escola Municipal Josefa Pereira, da comunidade rural de Catarina, no município de Bocaiuva, na Região Norte de Minas, tomaram um susto com a presença de uma visitante indesejada dentro de uma  sala de computação: uma cobra jararaca.

Uma aluna, de 9 anos, pisou acidentalmente no réptil. Por precaução, a garota chegou a ser encaminhada ao hospital, mas não foi constatado que ela foi picada.

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação de Bocaiuva informou que os alunos participavam da aula de computação quando a estudante de nove anos pisou acidentalmente na jararaca. 

Aparentemente foi verificado que a menina não teve nenhum ferimento. Mesmo assim, diz a nota, “por precaução”, a menina foi encaminhada imediatamente para o Hospital Municipal Doutor Gil Alves, onde foi atendida por um pediatra.

Em seguida, foi levada para o Hospital Regional Clemente de Faria, unidade de referência a vítimas de acidentes com animais peçonhentos em Montes Claros. A garota foi submetida a novos exames e foi liberada logo em seguida, após a constatação de que ela nada sofreu.