Wagner da Silva
Braço do Norte

Se as obras na BRN-424, a estrada do Pinheiral, em Braço do Norte, continuarem no ritmo de hoje, o governo do estado terá que fazer um esforço ‘sobrenatural’ para cumprir a promessa de inaugurar a pavimentação até o fim deste ano. O compromisso foi assumido junto aos moradores quando a ordem de serviço para a obra foi assinada, no dia 5 março.

Os trabalhos são feitos pela Setep. Porém, a obra nos 13 quilômetros, avaliada em pouco mais de R$ 7,5 milhões, está praticamente parada. Em cinco meses, apenas algumas pontes foram construídas, mas o trânsito ainda é feito pelos desvios.
Apesar disso, o secretário de desenvolvimento regional em Braço do Norte, Gelson Luiz Padilha (PSDB), garante que a obra está dentro do cronograma e não está parada, apesar dos cerca de 40 dias de trabalho.

“A empresa tem um ano para entregar a obra. O serviço iniciou pela parte mais complicada, as pontes. Em breve, a Setep iniciará a terraplenagem”, detalha Padilha. Ele reforça ainda que o pagamento à empresa está em dia e é feito conforme a produção mensal. “A empresa tem tanta pressa quanto nós em terminar a obra e está empenhada para cumprir os prazos”, pontua.

Na agenda
Na próxima quinta-feira, será entregue a ordem de serviço para pavimentação dos sete quilômetros entre São Marinho e São Luís, em Imaruí. A obra (R$ 7,6 milhões) será executada pela empresa A. Mendes.