Zahyra Mattar
Tubarão

Faltam 1,4 quilômetro para, enfim, o secretário de desenvolvimento regional em Tubarão, Jairo Cascaes (DEM), e o gerente de infraestrutura, engenheiro Léo Goularte, pronunciarem a frase já ensaiada: “Acabou. As obras de pavimentação da estrada do Camacho terminaram”. O prazo estipulado pela SDR à Saibrita terminou nesta sexta-feira.

O secretário e o gerente aproveitaram a reunião do conselho de desenvolvimento regional, ocorrida em Jaguaruna, para vistoria a finalização das obras de asfaltamento dos 19 quilômetros da estrada que liga o centro da cidade ao Balneário Camacho. “O trânsito está liberado em toda a extensão (da estrada). A parte em que falta asfalto ficou para a próxima semana porque não vale a pena fazer 200 metros aqui e 100 metros ali. Mas podemos considerar que tudo está finalizado. O que falta são pequenos detalhes”, avalia Léo.

Também na sexta, a Saibrita iniciou a demarcação para terminar a sinalização horizontal. A ponte da barra está pronta e as cabeceiras demarcadas para execução dos aterros e colocação de base para pavimentação asfáltica. Ao todo, três trechos precisam ser pavimentados: 500 metros na área urbana; 400 metros em Morro Bonito; 300 nas cabeceiras do bueiro triplo do Riachinho e mais 100 metros nas cabeceiras da ponte sobre a barra do Camacho.

A inauguração está mantida para 15 de setembro, como já anunciado, por conta da agenda do governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB).