O governo do Estado vai contratar uma empresa para a elaboração do projeto de engenharia da duplicação da SC-370 no trecho entre Tubarão e Braço do Norte. A abertura das propostas das interessadas na licitação está prevista para o dia 5 de julho, a partir das 14h15, com início das disputas no mesmo dia, às 14h30.

A extensão aproximada do trecho a ser duplicado é de 25,5 quilômetros, de acordo com a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade. O prazo para a execução dos serviços será de 360 dias, contados a partir da emissão da ordem de serviço. Com base nos estudos realizados, caberá ao governo do Estado determinar a solução a ser adotada. A contratação do projeto de engenharia está orçada em cerca de R$ 2,1 milhões.

A duplicação está prevista para começar a partir do entrocamento do futuro anel viário de Braço do Norte com a SC-370. Este anel viário interliga as rodovias SC-370, no trecho Grão-Pará-Braço do Norte, e SC-108, no trecho Rio Fortuna-Braço do Norte, à SC-370, trecho Braço do Norte-Tubarão.

O projeto do anel viário já está concluído. A obra deve ser executada com recursos que serão repassados pelo governo do Estado por meio do Plano 1000. De acordo com o Estado, o projeto de duplicação deve prever também um segmento ligando a SC-108, no trecho Braço do Norte-São Ludgero, até o final do anel viário.

De Braço do Norte até o entrocamento com a SC-435, no acesso a Armazém, o projeto deve considerar a construção de uma via paralela à existente com pista simples.

Entre o entrocamento com a SC-435, em Gravatal, e Tubarão, o projeto deverá estudar dois traçados alternativos, além da duplicação do traçado original. O primeiro traçado será paralelo à SC-370 até a ligação com a Rodovia Ivane Fretta, enquanto o segundo será do entrocamento com a SC-435 até o trevo de Capivari de Baixo, na BR-101. Em ambos os casos, será considerada a construção de pista simples. Segundo o Estado, a via existente ficaria para atender o tráfego local e a nova seria destinada à ligação com a BR-101.

O estudos a serem contratados vão da fase inicial, de pré-análise, que incluiu o estudo de tráfego, por exemplo, até o projeto executivo.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul