A escarlatina afeta principalmente crianças entre 5 e 12 anos
A escarlatina afeta principalmente crianças entre 5 e 12 anos

Tubarão

Febre, manchas vermelhas pelo corpo, dor de garganta e de cabeça, náusea e vômito. Estes são alguns dos sintomas da ‘escarlatina’, uma doença muito comum nesta época do ano, que acomete em sua maioria as crianças. “A escarlatina é uma infecção bacteriana causada por estreptococos do grupo A. Ela tratada com antibióticos e é, em geral uma infecção leve”, explica o médico infectologista Rogério Sobroza de Mello.

No ano passado, foram registrados 28 casos de pacientes com a infecção no Hospital Socimed, em Tubarão, por exemplo. Neste ano, apenas um na mesma unidade. A escarlatina foi uma infecção comum na Inglaterra e no País de Gales no início do século 20, até os anos 1930, uma época que eles chegaram a registrar até 100 mil casos. Desde então, os números foram reduzindo de maneira gradual, principalmente devido ao surgimento dos antibióticos.

A transmissão é por meio de saliva e secreção nasal, através de tosse e espirros, diretamente no ar ou de objetos contaminados. A bactéria pode ser proveniente de pessoas que estejam ou não doentes. O aparecimento da escarlatina é causado não diretamente pela bactéria, mas por uma toxina que ela produz. O período de incubação, geralmente, é rápido, em torno de um a dois dias, mas a doença pode se manifestar em até dez dias após o contato.

Quando não tratado, podem ocorrer complicações graves, como a febre reumática. Conforme o profissional de medicina, a única prevenção é evitar contato com pessoas doentes. Na suspeita da doença, é importante procurar atendimento o quanto antes.