Gabriel Medina, Mineirinho…são esses um dos grandes nomes que vem à mente quando se fala em surfistas. Mas quem realmente está merecendo os holofotes agora é a cachorrinha capixaba Maya, que se prepara para sua segunda competição de stand up paddle, em Búzios, Rio de Janeiro, a ser realizada neste sábado (03), na tradicional competição Rei de Búzios.  

Maya, que é da raça Australian Cattle Dog (Boiadeiro Australiano) chega com moral, porque foi dela o primeiro lugar na modalidade Sup Dog ano passado, onde o cão e o tutor fazem o percurso juntos no pranchão de sup.   

    

E quem pensa que Maya tem vida mansa se engana. A “atleta” tem um treinamento pesado. Junto do seu tutor, o microempresário Gilson de Moraes Junior, 42 anos,  ela corre enquanto ele pedala, em distâncias que chegam a 10 km. 

   

Na água, os dois encaram 12 km. E são o sucesso das praias do Sul do Espírito Santo, turistas e moradores gostam de ver os companheiros juntos e a cadelinha é considerada uma atleta famosa por lá. “Todo mundo quer conhecê-la, tirar foto e vê-la pegar onda”, contou o Gilson.  

Maia é da raça Australian Cattle Dog, ou Boiadeiro Australiano começou a surfar com três meses de idade, em Marataízes, Sul do Espírito Santo, onde mora com seu dono. Gilson é um dos pioneiros na prática do surf e suas modalidades há mais de 35 anos, e percebeu que Maya gostava do mar e entrava na água sozinha. A raça que tem muito energia é considerada uma exímia nadadora, e além do surf, os dois praticam kitesurf, stand up paddle e skate.  

 

A conexão entre tutor e Maia começou no mar, mas se faz presente na rotina diária do microempresário que é pai de uma filha de 21 anos, e de meninos gêmeos de três anos. Todos praticam esportes aquáticos com o pai e chamam a cachorrinha de irmã. 

Habilidosa, Maya dificilmente cai da prancha, para garantir a segurança ela usa um coletinho salva-vidas para cães. Que segundo o dono, ajuda muito quando ela cai na água e facilita a flutuação para que ela rapidamente consiga subir na prancha. 

 

Saiba mais sobre a raça da Maya:

Inteligente, resistente, independente, obstinado, enérgico e incansável: esses são os traços do Australian Cattle Dog. Esse cão precisa de uma ocupação ou ele irá arrumar algo pra fazer sozinho. Precisa receber desafios mentais e exercício físico pesado todos os dias, não é recomendável para apartamentos pois precisa gastar energia. Ele é um dos cães mais obedientes e um companheiro de aventuras exemplar.

É bastante ligado à família e desconfiado com estranhos, também chamado de Blue Heeler (cor da pelagem), é um excelente cão de guarda para residências com espaços amplos e abertos, para correr e gastar sua alta carga de energia. Além disso, ele gosta de estar ocupado, trabalhando.