Morador reivindica soluções no trecho onde ocorreu, na última sexta, uma colisão frontal que resultou na morte de um jovem de 29 anos, de Tubarão

Lysiê Santos
Pedras Grandes
O aposentado João Mendes, o ‘Janga’, de 70 anos, mora há 17 anos às margens da SC-390, no bairro Pedrinhas, próximo à divisa entre Tubarão e Pedras Grandes. Ele e a esposa, dona Diva Dóro, 69, guardam na memória as cenas dos inúmeros acidentes de trânsito ocorridos no trecho da rodovia estadual. O último foi a colisão frontal entre dois veículos registrada na última sexta-feira, que resultou na morte do jovem Samuel Silva, que morava na Guarda margem direita, em Tubarão.
As peças do carro e as marcas de sangue ainda estão espalhadas na via próximas a uma erosão resultante do acúmulo de água de chuva que escorre de um morro do outro lado da via. O morador relata que o trecho é estreito e não possui acostamento, o que dificulta a passagem de ciclistas e pedestres. “Há mais de 16 anos venho alertando as autoridades que essa ‘erosão’ prejudica o trânsito. As mulheres que vêm das comunidades para ir à missa, por exemplo, vem ‘rezando’ para não serem atropeladas, porque não tem espaço para andar fora da pista”, denuncia.
O trecho de pouca visibilidade e com pouco espaço causa transtornos aos condutores, pedestres e ciclistas. João tenta colaborar com a manutenção do local fazendo a limpeza do entorno. “Estou sempre ‘roçando’ o mato, tirando as pedras e limpando para facilitar a passagem das pessoas”, detalha.

Engenheiros estudam soluções para o trecho
Preocupado com os riscos que a rodovia apresenta, o morador pegou sua bicicleta e veio pedalando de Pedras Grandes até o centro de Tubarão (36 km ida e volta) em busca de soluções para o impasse. Ele procurou a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) e relatou o problema. O engenheiro do Deinfra, Valdir dos Santos, esteve no local para avaliar a situação e encaminhou solicitação ao secretário executivo da ADR, Nilton de Campos, que entrará em contato com o gerente de Infraestrutura para identificar uma resolução ao trecho.