Equipes médica e de enfermagem da Emergência do Hospital Socimed, esteve reunida para esclarecimentos sobre o Coronavírus, tipo de infecção respiratória originado na China que tem causado mobilização em diversos países.

A médica infectologista dra. Eletania Esteves de Almeida, apresentou dados sobre o atual quadro clinico da doença em pessoas que viajaram para o exterior e, apesar de não haver casos oficiais no Brasil, foi traçado um Plano de Contingência voltado à prevenção.

“Quando se tratam de doenças infecciosas, é importante estarmos atentos e preparados quanto a medidas preventivas. Estes são protocolos-padrão presentes no hospital, continuamente reforçados”, explica a especialista.

Ela esclarece que este plano inclui uso de máscara e alocação de paciente em espaço de isolamento, fazendo a imediata coleta de exames para descartar a doença.

O Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. Seu novo agente (nCoV-2019) foi descoberto em 31 de dezembro do ano passado, após casos registrados na China. Ele é chamado assim porque, no perfil microscópico, se assemelha a uma coroa.

Seus sintomas são muito parecidos com os de uma gripe e podem evoluir para casos graves, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

A infecção se dá pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, secreções, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão; contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Apesar de causar alerta à população, ele tem menor índice de letalidade (óbitos) do que da gripe A.