Feitas com  madeira de reflorestamento, as lixeiras já estão espalhadas pelo Mar Grosso. Em torno da praça do Villa, foram instaladas quatro. Meta é que mais empresários participem da campanha
Feitas com madeira de reflorestamento, as lixeiras já estão espalhadas pelo Mar Grosso. Em torno da praça do Villa, foram instaladas quatro. Meta é que mais empresários participem da campanha

Laguna

 

Duas associações, empreendedores unidos e uma ideia: espalhar lixeiras pela cidade e deixá-la limpa. Foi assim que alguns empresários de Laguna resolveram “adotar” lixeiras, algo que começa a ocorrer com certa frequência na Cidade de Anita. A proposta começou com uma parceria entre a Associação de Moradores do Mar Grosso, iniciativa privada e prefeitura.
 
Feitas com madeira de reflorestamento, as lixeiras já estão espalhadas pelo balneário. Em torno da praça do Villa, foram instaladas quatro. Nas calçadas da avenida Senador Galloti, já é possível vê-las em frente a diversos estabelecimentos comerciais.
 
O objetivo é manter a limpeza das ruas e conscientizar os moradores e turistas que frequentam a praia do Mar Grosso. O outro projeto começou a ser implementado nesta semana. Desta vez, o cenário é o centro histórico.
A Associação Empresarial de Laguna (Acil) lançou a campanha Laguna linda e limpa. A intenção é que empresários unam-se e adotem um conjunto de lixeira e floreira. Além das ruas históricas, os equipamentos também deverão ser dispostos no calçadão da orla do centro histórico.