Depois de deixar Florianópolis e encerrar as atividades, a empresa que alugava bicicletas e patinetes colocou no lixo todas as bikes que circulavam na cidade. As imagens foram compartilhadas nas redes sociais. Uma cena melancólica para uma empresa que pregava um conceito de sustentabilidade e de compartilhamento consciente.

Claro que muitas destas bicicletas estavam sucateadas, seja por mal-uso, vandalismo, ou falta de manutenção, mas certamente poderiam ser doadas entidades que cuidam de crianças e jovens carentes e reaproveitadas. Seria uma despedida honrosa. Virou sucata, uma pena.

A empresa encerrou atividades em várias cidades do país, Florianópolis foi apenas mais uma capital em que o negócio não deu certo.